Terminal Pesqueiro traz diretor do Ministério da Pesca a Campos

Postado em

O projeto de elaboração e implantação do primeiro terminal pesqueiro público do Estado do Rio de Janeiro foi o principal assunto do encontro do diretor de infraestrutura e logística do Ministério da Pesca e Aquicultura, Jorge Francisco da Silva Júnior com a Prefeita Rosinha Garotinho na tarde desta terça-feira (19). Em visita técnica ao município desde segunda-feira (18), o representante federal sinalizou positivamente para o estudo conjunto voltado à construção do empreendimento na região do Farol de São Tomé.
terminal pesqueiro
— Vamos criar um comitê gestor de modo a iniciar um projeto a quatro mãos, visando apresentarmos ao Ministério da Pesca e Aquicultura um documento que se enquadre em suas exigências, obedecendo ao padrão proposto pelo órgão federal. No primeiro momento, vamos iniciar o estudo de uma área para a construção do terminal e, quando definido o espaço, desapropriá-lo e criar o projeto com base nele – adiantou a prefeita.

Para Jorge Francisco, é grande a possibilidade de instalação de um grande empreendimento na região, tendo em vista, segundo ele, o potencial, principalmente, na geração de pescado, por sua vez, o camarão. De acordo com o diretor de infraestrutura e logística, as atividades de pesca e aquicultura no Brasil é latente e a região litorânea do Norte  Fluminense tem grande potencial nessas atividades, favorecendo a implantação de um terminal pesqueiro público. No Estado do Rio, conforme lembrou, existe apenas um Centro Integrado de Pesca Artesanal, instalado em São Gonçalo.

— O terminal pesqueiro aparece como um empreendimento para guardar, preservar e distribuir essa riqueza. Além disso, fomenta capacitações, desenvolve atividades e executa muitos outros projetos para o desenvolvimento. No terminal, será possível beneficiar e comercializar pescado conforme o decreto-lei 5231/2004, único a tratar especificamente de terminal pesqueiro.

A visita do representante do Ministério da Pesca e Aquicultura foi resultado da audiência realizada em Brasília, no dia 28 de janeiro deste ano, quando a prefeita e secretários foram recebidos pelo Ministro da Pesca, Marcelo Crivella. No encontro, Rosinha Garotinho havia destacado a importância de dotar o Farol de São Tomé de um moderno terminal, para valorizar a atividade pesqueira. A reunião em Brasília também serviu para discutir linhas de crédito para financiar projetos produtivos, individuais e coletivos, tanto para pesca quanto para a aquicultura.