Saldo positivo no primeiro dia de Mutirão de combate à Dengue

Na tarde deste sábado (23), autoridades municipais se reuniram no gabinete do secretário municipal de Saúde, Geraldo Venâncio, para um balanço dos mutirões de combate à Dengue realizados pela manhã em 11 bairros de Campos. Foram vistoriados 15.845 imóveis e 147 terrenos nos bairros Parque Vera Cruz, Parque Guarus, Parque São Benedito, Parque Aurora, Parque Niterói, Parque XV de Novembro, Pecuária, Parque São Clemente, Parque Corrientes, Penha e Turf Club. Os agentes de endemia do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) eliminaram 138 focos do mosquito transmissor, telaram 276 caixas d´água e, com o auxilio de profissionais de outras secretarias, como a de Serviços Públicos e a de Obras e Urbanismo, recolheram 56 pneus e 1.790 sacos de lixos de 200 litros. Foram seis caminhões de entulhos retirados dos bairros.
Dr
De acordo com o secretário de Governo, Suledil Bernardino, a população respondeu bem ao chamado da Prefeitura para a ação. “O CCZ informou que muitas pessoas recolheram materiais de seus quintais e colocaram o lixo na rua para ser recolhido. Relacionando o número total de imóveis nesses 11 bairros trabalhados hoje (22.113) com os que foram achados fechados (6.268), a média de resistência da população para o recebimento dos agentes de endemia, que é normalmente de 35%, caiu para 25%, e isto somente nesse primeiro dia dessa operação, que está envolvendo toda a estrutura de governo no combate à dengue. E o mais importante: estamos reunindo todas as secretarias nesse trabalho de prevenção, com mutirões quase que diários, planejados até abril, sem interromper o trabalho de rotina do CCZ”, explicou.

O diretor do CCZ, César Salles, complementou a informação: “Na rotina, os agentes, além de verificar possíveis focos da dengue, orientam os moradores quanto às formas de prevenção, fazendo a parte educacional do serviço. Nos mutirões, o objetivo é retirar materiais inservíveis, que possam acumular água e abrigar larvas do mosquito. Nestas ações, estamos usando agentes de endemia de outras áreas, como a de combate a roedores. Vale lembrar que tivemos uma quantidade elevada de focos, mas foram recolhidas 36 toneladas de lixo”, falou.

A sexretaria municipal de Serviços Públicos também não comprometeu a limpeza da cidade para a atuação nos  mutirões. A secretaria municipal de Obras e Urbanismo já informou que disponibilizará mais máquinas, como caminhão, patrol, retroescavadeira para a limpeza de terrenos baldios, e areia para aterrar áreas ou piscinas com água parada e sem tratamento. O presidente da Câmara de Vereadores, Édson Batista, que é médico, pediu que o CCZ também disponibilizasse para empresários panfletos com indicações de como se evitar a proliferação do mosquito transmissor da doença.

– A dengue traz grande sofrimento físico e incapacita a pessoa para o trabalho. Assim, esperamos contar com a sensibilidade de comerciantes, empresários, para distribuir o material em suas empresas para seus empregados, para que eles sigam as dicas em casa e no trabalho, nos ajudando a informar à sociedade sobre o problema. Os panfletos poderão ser pegos no IEC, que é o Setor de Informação, Educação e Comunicação do CCZ. O endereço é Avenida Presidente Vargas, 180, Pecuária. O telefone para contato é 2732.3395. Pedimos aos donos de comércio, de qualquer empresa, informou o diretor do CCZ.

O secretário de Saúde frisou que os mutirões continuam neste domingo (24) e seguem durante a semana. “Segunda-feira (25), as ações acontecem nos bairros Parque Rosário, Parque Carlos Lacerda e Parque João Seixas. Na terça, será a vez de Fazendinha, Parque João Maria e Parque Fazenda Grande. Contamos com a participação da população”, concluiu Geraldo Venâncio.

“Fim de Tarde” volta em março com shows de artistas locais

O projeto “Fim de Tarde”, da Fundação Trianon, inicia sua temporada 2013, no próximo dia 11. Realizado todas as segundas, às 18h30, no Teatro de Bolso Procópio Ferreira, o projeto apresenta shows com artistas locais. O público paga R$ 1,00 como ingresso para se divertir depois do primeiro dia da semana. A primeira atração será o grupo Promessa do Samba. No dia 18, o show será com a cantora Helena Rangel. A banda Eixo Nacional encerra o mês de março, no dia 25.
promessa do samba
– O “Fim de Tarde” foi lançado em julho de 2011. Desde então, passou a virar diversão fixa na agenda de muitos dos frequentadores. O Teatro de Bolso, tradicional casa do artista local, abre suas portas, trazendo instalações confortáveis para o público. Em 2013, muitas novidades estão previstas para o projeto – explica o presidente da Fundação Trianon, João Vicente Alvarenga.

Já passaram pelo projeto: Gil Paixão, Nelson Príncipe Negro, Dom Américo, Helena Rangel, Lene Moraes, Sandro Balli, Força Maior, Ed Ébano, Promessa do Samba, Maria Fernanda, Júlio Motta, Banda A Massa, Me Puxa, Rick Duarte, Sabor de Beijo, Juninho Simpatia, Segredo de Estado, Dibobeira, Bonde Brasil, Tudublu, Forró Catukaí, Evolução da Espécie, Coxinha Gordurosa e Forró DiDoido.

Secretarias em ação neste sábado no combate à Dengue em Campos

Este sábado (23) foi mais um dia de combate à dengue em Campos, dessa vez com uma estrutura ainda maior, envolvendo, além da secretaria municipal de Saúde, diversas secretarias municipais, como a de Governo. Agentes de endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) percorreram diversos bairros, eliminando focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da doença que, até quinta-feira (21), segundo dados do Centro de Referência da Dengue (CRD), havia acometido 1.007 pessoas no município. Com a operação, a Prefeitura pretende, em cerca de duas semanas, eliminar criadouros do mosquito transmissor de casas e terrenos baldios de toda a cidade.A operação de combate à dengue em Campos continua neste domingo (24).
combate a dengue
– Os agentes estão sendo recebidos pelos moradores e esperamos contar com a participação de toda a sociedade nesse combate ao vetor da dengue porque, diante do risco de uma epidemia, se os agentes encontrarem resistência ou se verificarem uma quantidade expressiva de imóveis fechados, receberem denúncia de negligência de vizinhos quanto ao acúmulo de materiais que acumulam água, teremos de solicitar o apoio do Ministério Público e força policial para, de imediato, podermos entrar no imóvel e executar a medida cabível, como, por exemplo, esvaziar piscinas e cobrir com areia – avisa o secretário Geraldo Venâncio.

O secretário de Governo, Suledil Bernardino, diz que as ações serão imediatas. “Faremos a limpeza de terrenos, recolhimento de lixo e entulhos; atuaremos dentro da legalidade e da necessidade que a situação da dengue em Campos exige. Mas pedimos à população que entenda que há um tipo novo da dengue em circulação, que todos estamos expostos ao vírus e, se não houver o comprometimento de cada cidadão em eliminar os focos da dengue que estão em sua casa ou de alertar o CCZ para focos na casa vizinha, nas ruas, em terrenos, podemos ter um quadro grave, com muitas pessoas doentes”.

Com o número de casos da doença repassados pelo Centro de Referência da Dengue, o CCZ atua nas áreas com os índices mais altos de pessoas infectadas. “O CRD tem o total de casos por bairros. A Vigilância Epidemiológica do município pega esses dados e calcula o índice de pessoas infectadas com base no número de habitantes por bairros. Hoje, por exemplo, temos o Parque Rosário com o índice mais alto da doença: de 100 pessoas, quase três com dengue”, explicou o coordenador municipal de Combate à Dengue, do CZZ, Eufrázio Lisboa.

Na Rua Nelson Rebel, no Parque Aurora, a moradora Gabriela Ramos Soares, 35 anos, fez questão de abrir sua casa para o agentes do CCZ. “Moro com meu marido e duas filhas pequenas e acho esses mutirões muito importantes. Em anos anteriores, meu marido teve dengue, meu cunhado, pessoas conhecidas. Na época, chamamos o CCZ para verificar se havia focos aqui e numa construção vizinha, mas nada foi encontrado. Os moradores daqui são muito receptivos com os agentes, mas, em geral, ainda são poucas as pessoas  que acionam o CCZ se acham que pode haver focos do mosquito na casa ao lado ou num terrenos, e muitos não estão cuidando nem de suas casas. Acho que a população precisa estar mais presente e preocupada, porque a dengue num é só uma gripe”, contou a moradora.

Em uma rua próxima à de Gabriela, a São João, os agentes de endemia tiveram bastante trabalho para recolher materiais numa casa, com latas, garrafas e madeiras espalhadas. Criadouros do mosquito, como uma lata cheia de larvas do Aedes Aegypti, foram removidos pelos agentes de endemia. No local, o secretário municipal de Saúde, Geraldo Venâncio, que acompanhava o trabalho, pediu permissão e o proprietário autorizou que uma equipe da Secretaria de Serviços Públicos, com um caminhão, fizesse a remoção dos entulhos que não puderam ser retirados pelo pessoal do CCZ.

Neste domingo (24), outros bairros, divididos em cinco regiões de atuação, receberão a visita dos agentes. A Secretaria de Saúde pede os moradores dos bairros que receberão a ação que recolham os materiais que acumulam água de seus quintais e ponham o lixo na rua, para ser removido pelos garis ainda no mesmo dia ou na segunda-feira (25). Veja abaixo os locais dos mutirões neste domingo:

Região 1: Parque Cidade Luz ao Parque Aldeia
Região 2: Parque Rui Barbosa ao Parque São Lino
Região 3: Caju, Nova Brasília e Esplanada
Região 4: Jóquei Clube
Região 5: Parque Prazeres ao Parque Alvorada

Gil Rugai é condenado pelo assassinato do pai e da madrasta

c

Ele foi condenado a 33 anos e 9 meses, mas recorrerá em liberdade.
Luis Rugai e Alessandra Troitino foram assassinados em março de 2004.

Paulo Toledo Piza, Márcio Pinho e Kléber Tomaz Do G1 São Paulo

616 comentários

O estudante Gil Rugai foi condenado a 33 anos e 9 meses em regime fechado pelo assassinato de seu pai, Luis Rugai, e de sua madrasta, Alessandra Troitino, ocorrido em março de 2004.

Na sentença, o juiz Adilson Paukoski Simoni chamou o condenado de dissimulado e “extremamente perigoso”. Entretanto, determinou que ele poderá recorrer em liberdade. Segundo o juiz, Rugai pode pedir progressão para o regime semiaberto com o cumprimento de 5 anos, 7 meses e 15 dias de pena. Rugai já cumpriu cerca de dois anos de pena.

A sentença é o resultado de cinco dias de julgamento, encerrado nesta sexta-feira (22) no Fórum da Barra Funda, em São Paulo. Neste período, foram ouvidas 15 testemunhas (sendo cinco de acusação, sete de defesa e três do juízo), além do réu, que foi interrogado pelo juiz, por seus advogados e pelo promotor.

Gil Rugai negou o crime. “Não fui eu [quem matou]. Agora quem foi eu não sei”, disse o jovem de 29 anos.

Logo no começo do julgamento, a defesa já tinha anunciado que iria recorrer caso o julgamento terminasse em condenação.

As principais provas apresentadas contra o réu foram a pegada de Gil Rugai em uma porta arrombada no local do crime e a localização da arma que matou o casal. Ela pertencia ao jovem.

(…)tratando-se ainda de réu primário, sem antecedentes judiciais, faculto-lhe recorrer dessa decisão em liberdade”
Adilson Paukoski Simoni,
juiz

Na sentença, o juiz Simoni ressaltou as estratégias adotadas por Gil Rugai ao longo do processo. “Nesse passo, forçoso é concluir, que, como o réu, a todo momento nos autos, negou qualquer envolvimento nos homicídios das vítimas, mantendo socialmente uma aparência de bom moço, até freqüentando igreja, demonstra personalidade intensamente dissimulada, cuja personalidade nesse contexto fático-jurídico, aponta cuidar-se de pessoa extremamente perigosa”, escreveu o juiz.

Apesar da avaliação, o juiz justificou o respeito à hierarquia para determinar que Gil Rugai recorra em liberdade. “Em respeito à hierarquia inerente ao conjunto de normas de nosso país – e ninguém está acima da lei – por não haver presentemente encarceramento por estes autos, tratando-se ainda de réu primário, sem antecedentes judiciais, faculto-lhe recorrer dessa decisão em liberdade”, afirmou o juiz. Anteriormente, Rugai havia obtido habeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF) para permanecer em liberdade.

Cronologia Gil Rugai - V2 (Foto: Arte/G1)

Tese da acusação
Os jurados acreditaram na tese do promotor do caso de que Gil matou o casal porque teve medo de que seu pai levasse adiante a ameaça de denunciá-lo à polícia por causa de um desvio de dinheiro ocorrido na produtora da vítima, a Referência Filmes.

O promotor também apontou o que chamou de outras contradições no interrogatório de Gil. Uma delas é sobre o local onde ocorreu uma discussão entre pai e filho dias antes do assassinato. Gil disse que não esteve na produtora do pai. Já em interrogatório prestado anteriormente, afirmou que após jantar com Luis em um restaurante, concluiu a conversa na sede da Referência Filmes.

No mesmo processo pelo homicídio, Gil responde ainda à acusação de ter dado um desfalque de mais de R$ 25 mil, em valores da época, à empresa do pai, razão pela qual havia sido expulso do imóvel cinco dias antes do crime. Ele cuidava da contabilidade da ‘Referência Filmes’.

Tese da defesa
O advogado Thiago Anastácio disse que a acusação tentou criar a imagem de Gil como um psicopata. “Construíram um psicopata. O caso Richthofen não é o caso do Gil”. A afirmação foi feita durante a argumentação da defesa na fase de debates do julgamento.

Durante o debate, os advogados de Gil Rugai apresentaram a linha do tempo que colocaria o réu fora da cena do crime e desqualificaram os depoimentos das testemunhas. “Um analfabeto fala que viu Gil Rugai sair de capa caramelo”, disse Anastácio tentando descredenciar o depoimento do vigia que afirmou ter visto Gil na casa onde ocorreram os crimes.

Durante uma hora e meia, os defensores tentaram plantar dúvidas no júri.  “Temos telefonemas que confirmam que Gil não estava na cena do crime. Às 21h54, um vizinho ligou para o motorista no dia do crime para relatar ter ouvido disparos. Às 22h12, Gil no telefone fixo da produtora dele, ligando para ele. Estava a 4 km de distância. Pergunto: Gil estava na cena do crime?”, afirmou o outro advogado de Gil Rugai, Marcelo Feller.

“E às 22h13, o vizinho liga novamente para o vigia perguntando sobre o barulho. E às 22h14, uma mulher chama a PM. Por que os vizinhos só chamaram a PM 44 minutos depois?”, contou tentando provar que seu cliente não estava presente na casa onde Luis Carlos Rugai e Alessandra Troitino.

Acusação
Durante sua fala, o promotor Rogério Leão Zagallo afirmou que o réu “tem dupla personalidade”. “Tangencia entre a normalidade e psicopatia”, disse o representante do Ministério Público (MP). A Promotoria afirmou ainda que Gil Rugai mentiu no júri ao dizer que não sabia que o pai havia trocado as chaves da produtora Referência Filmes. “A Polícia Civil, Gil havia dito no passado que soube dessa troca. Outras testemunhas, funcionários da empresa confirmaram isso”, disse Zagallo.

A tese do promotor é que a troca ocorreu porque o pai de Gil descobriu que o filho fraudou a empresa e não queria ele mais trabalhando nela e morando na mesma casa. Para o MP, Gil matou o casal porque teve medo de seu pai levar adiante a ameaça de denunciá-lo à polícia pelo desvio de dinheiro.

O promotor também questionou os álibis de Gil. O réu afirma que não estaria na cena do crime. “Se assim fosse, a amiga que o viu no Shopping Frei Caneca e a outra pessoa que falou que consertaria o telefone celular dele teriam sido arroladas como testemunhas, mas não foram”.

Outro depoimento apresentado foi o de um funcionário da Referência Filmes, que disse que Gil lhe teria afirmado que gostaria de o pai morto. “Uma funcionária ouviu Gil dizer: ‘eu seria mais feliz se meu pai morresse’”, relatou Zagallo. “Ele também se referiu ao pai como ‘fedido’”.

O objetivo do promotor foi o de tentar traçar o perfil psicológico de Gil. Após isso, começou a comentar as provas do crime, como a arma.

Deslizamento atinge 24 veículos e deixa mulher morta na Imigrantes

Vítima é uma mulher de aproximadamente 30 anos.
Imigrantes continuava interditada no sentido capital por volta das 23h.

Deslizamento atingiu 24 veículos na Imigrantes (Foto: Reprodução / TV Tribuna)Deslizamento atingiu 24 veículos na Imigrantes (Foto: Reprodução / TV Tribuna)

A Polícia Rodoviária Federal em Cubatão (SP) confirmou que uma pessoa morreu no deslizamento de terra que aconteceu no trecho de serra da rodovia dos Imigrantes, no começo da noite desta sexta-feira (22). A pista da Imigrantes, no sentido capital, continuava interditada para o trânsito de veículos por volta das 23h.

De acordo com a polícia, a vítima é uma mulher de aproximadamente 30 anos. O corpo foi encontrado por volta das 22h30, enquanto equipes faziam a limpeza do local. Ainda segundo a Polícia Rodoviária, não se sabe se a vítima era motorista de algum veículo. A polícia não descarta a hipótese de a mulher ter saído do veículo assustada com o deslizamento. O corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal de Santos.

De acordo com a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta Imigrantes, a rodovia dos Imigrantes, no no sentido capital, segue totalmente interditada devido ao deslizamento de barreira no trecho de serra. Ainda de acordo com a Ecovias, os motoristas que sobem a serra no sentido São Paulo têm como opção uma das faixas da via Anchieta.

A Ecovias informou que 23 veículos de passeio e uma carreta foram atingidos pelo material que deslizou da encosta. Equipes da área de tráfego e engenharia foram para o local com 12 caminhões basculantes, quatro escavadeiras hidráulicas, uma pá carregadeira e uma escavadeira sobre esteira para retirar o material. A Ecovias recomenda aos usuários que evitem acessar as rodovias do SAI.

#Neynstagram: Amiga de Neymar revela detalhe da festa do atacante

Convidados poderão ‘virar’ o craque nas redes sociais

Um detalhe ao menos já ficou conhecido da festa de aniversário de Neymar. Samara Costa, amiga do craque, colocou em seu Instagram uma das placas que estarão disponíveis para os convidados registrarem o momento na comemoração. Fazendo jus à nova mania do atacante, o ítem traz uma moldura de uma postagem. O número de curtidas também não fica muito longe de alguns registros do jogador do Peixe. O atleta fechou uma casa noturna em São Paulo e receberá os amigos no domingo a partir das 21h.

Neymar completou 21 anos enquanto estava com a seleção brasileira em Londres para o amistoso diante da Inglaterra. No dia 5 de fevereiro, ele chegou até a ganhar um bolo de aniversário.

O Santos encara o XV de Piracicaba no domingo pelo Campeonato Paulista. O atleta está fora por ter sido expulso diante da Ponte Preta.

Amiga de Neymar mostra detalhe da festa (Foto: Reprodução/Instagram)Amiga de Neymar mostra detalhe da festa (Foto: Reprodução/Instagram)

Ronda, Carmouche, Lyoto e Hendo batem peso para UFC 157 com sobras

Brasileiro fica quase 1,5kg abaixo do limite de sua categoria para duelo. Adversário de Yuri Villefort fica mais de 2kg acima, mas brasiliense aceita

Tudo pronto para a primeira luta feminina da história do Ultimate. Ronda Rousey e Liz Carmouche passaram pela balança nesta sexta-feira e bateram com sobras o limite de 61,2kg da categoria galo feminino, confirmando a primeira disputa de título entre mulheres da história da companhia, no UFC 157 deste sábado.

Desafiante ao cinturão, Carmouche foi a primeira entre as duas a subir na balança, e marcou 60,5kg, confortavelmente abaixo do limite da divisão. Em seguida, Rousey, que entrou no UFC já como campeã – era a dona do título no extinto Strikeforce – apareceu com cara de poucos amigos. Usando um top do Ultimate, ela só abriu o sorriso quando seu peso foi anunciado: 61kg. Curiosamente, ela ainda calçou suas botas antes de fazer a tradicional encarada pré-luta, aparecendo assim levemente mais alta que sua adversária.

Pesagem UFC Ronda Rousey x Liz Carmouche (Foto: Getty Images)Ronda Rousey fica séria, e Liz Carmouche sorri para os fotógrafos (Foto: Getty Images)

 Além de Rousey e Carmouche, 23 dos 24 lutadores no card bateram o peso sem maiores problemas, incluindo os atletas do coevento principal, o brasileiro Lyoto Machida e o americano Dan Henderson. Nenhum dos dois precisou tirar nem a bermuda para subir à balança. “Hendo” marcou 93kg, valor exato do peso-meio-pesado, enquanto Lyoto registrou

 

Logo na primeira luta do card, um dos atletas a subir no palco ultrapassou o limite de peso da categoria: Nah-Shon Burrell, adversário do estreante brasileiro Yuri Villefort, apareceu com 79,7kg, mais de dois quilos acima da libra extra de tolerância para o peso-meio-médio. Entretanto, Villefort, que registrou 77,1kg, aceitou o combate e receberá 20% da bolsa do adversário. Mais tarde, Michael Chiesa, ex-campeão do TUF, marcou 70,85kg, pouco acima do valor máximo para o peso-leve, de 70,8kg. Dana White, presidente do UFC, porém, o liberou de tirar a cueca para bater o limite e o mandou diretamente para a encarada com Anton Kuivanen.

O Combate transmite neste sábado, a partir de 20h30m (de Brasília), o UFC 157 na íntegra e com exclusividade. O SporTV 2 exibe o card preliminar. O SPORTV.COM fará o acompanhamento do torneio na íntegra em Tempo Real.

Confira o card completo do evento:

UFC 157
23 de fevereiro de 2013, em Anaheim (EUA)
CARD PRINCIPAL
Peso-galo (até 61,2 kg): Ronda Rousey (61kg) x Liz Carmouche (60,5kg)
Peso-meio-pesado (até 93,4 kg*): Lyoto Machida (91,6kg) x Dan Henderson (93kg)
Peso-galo (até 61,7 kg*): Urijah Faber (61,7kg) x Ivan Menjivar (61,5kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg*): Court McGee (77,1kg) x Josh Neer (77,6kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg*): Josh Koscheck (77,6kg) x Robbie Lawler (77,6kg)
CARD PRELIMINAR
Peso-pesado (até 120,7 kg*): Brendan Shaub (110,2kg) x Lavar Johnson (115,7kg)
Peso-leve (até 70,8 kg*): Michael Chiesa (70,8kg)** x Anton Kuivanen (70,8kg)
Peso-pena (até 66,2 kg*): Dennis Bermudez (65,8kg) x Matt Grice (65,8kg)
Peso-leve (até 70,8 kg*): Sam Stout (70,3kg) x Caros Fodor (70,3kg)
Peso-meio-médio (até 77,6 kg*): Kenny Robertson (77,1kg) x Brock Jardine (77,1kg)
Peso-meio-médio (até 77,6 kg*): Jon Manley (77,6kg) x Neil Magny (77,6kg)
Peso-meio-médio (até 77,6 kg*): Nah-Shon Burrell (79,7kg) x Yuri Villefort (77,1kg)***

* Limites das categorias já contando com uma libra (454g) a mais, que é a tolerância para lutas que não valem título

** Chiesa bateu 70,85kg, pouco acima do limite permitido, mas não precisou tirar a cueca e se pesar novamente.

*** Yuri Villefort concordou em aceitar a luta mesmo com Burrell acima do peso. Ele vai receber 20% da bolsa do adversário.

fonte: http://glo.bo/YjAsx6