Saldo positivo no primeiro dia de Mutirão de combate à Dengue

Postado em

Na tarde deste sábado (23), autoridades municipais se reuniram no gabinete do secretário municipal de Saúde, Geraldo Venâncio, para um balanço dos mutirões de combate à Dengue realizados pela manhã em 11 bairros de Campos. Foram vistoriados 15.845 imóveis e 147 terrenos nos bairros Parque Vera Cruz, Parque Guarus, Parque São Benedito, Parque Aurora, Parque Niterói, Parque XV de Novembro, Pecuária, Parque São Clemente, Parque Corrientes, Penha e Turf Club. Os agentes de endemia do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) eliminaram 138 focos do mosquito transmissor, telaram 276 caixas d´água e, com o auxilio de profissionais de outras secretarias, como a de Serviços Públicos e a de Obras e Urbanismo, recolheram 56 pneus e 1.790 sacos de lixos de 200 litros. Foram seis caminhões de entulhos retirados dos bairros.
Dr
De acordo com o secretário de Governo, Suledil Bernardino, a população respondeu bem ao chamado da Prefeitura para a ação. “O CCZ informou que muitas pessoas recolheram materiais de seus quintais e colocaram o lixo na rua para ser recolhido. Relacionando o número total de imóveis nesses 11 bairros trabalhados hoje (22.113) com os que foram achados fechados (6.268), a média de resistência da população para o recebimento dos agentes de endemia, que é normalmente de 35%, caiu para 25%, e isto somente nesse primeiro dia dessa operação, que está envolvendo toda a estrutura de governo no combate à dengue. E o mais importante: estamos reunindo todas as secretarias nesse trabalho de prevenção, com mutirões quase que diários, planejados até abril, sem interromper o trabalho de rotina do CCZ”, explicou.

O diretor do CCZ, César Salles, complementou a informação: “Na rotina, os agentes, além de verificar possíveis focos da dengue, orientam os moradores quanto às formas de prevenção, fazendo a parte educacional do serviço. Nos mutirões, o objetivo é retirar materiais inservíveis, que possam acumular água e abrigar larvas do mosquito. Nestas ações, estamos usando agentes de endemia de outras áreas, como a de combate a roedores. Vale lembrar que tivemos uma quantidade elevada de focos, mas foram recolhidas 36 toneladas de lixo”, falou.

A sexretaria municipal de Serviços Públicos também não comprometeu a limpeza da cidade para a atuação nos  mutirões. A secretaria municipal de Obras e Urbanismo já informou que disponibilizará mais máquinas, como caminhão, patrol, retroescavadeira para a limpeza de terrenos baldios, e areia para aterrar áreas ou piscinas com água parada e sem tratamento. O presidente da Câmara de Vereadores, Édson Batista, que é médico, pediu que o CCZ também disponibilizasse para empresários panfletos com indicações de como se evitar a proliferação do mosquito transmissor da doença.

– A dengue traz grande sofrimento físico e incapacita a pessoa para o trabalho. Assim, esperamos contar com a sensibilidade de comerciantes, empresários, para distribuir o material em suas empresas para seus empregados, para que eles sigam as dicas em casa e no trabalho, nos ajudando a informar à sociedade sobre o problema. Os panfletos poderão ser pegos no IEC, que é o Setor de Informação, Educação e Comunicação do CCZ. O endereço é Avenida Presidente Vargas, 180, Pecuária. O telefone para contato é 2732.3395. Pedimos aos donos de comércio, de qualquer empresa, informou o diretor do CCZ.

O secretário de Saúde frisou que os mutirões continuam neste domingo (24) e seguem durante a semana. “Segunda-feira (25), as ações acontecem nos bairros Parque Rosário, Parque Carlos Lacerda e Parque João Seixas. Na terça, será a vez de Fazendinha, Parque João Maria e Parque Fazenda Grande. Contamos com a participação da população”, concluiu Geraldo Venâncio.