As histórias dos Campos dos Goytacazes

Postado em

Caros,

com grande satisfação inauguro a Coluna Histórias dos Campos dos Goytacazes.

A partir do convite irrecusável de Guilherme Carvalho, utilizarei este espaço em prol da Memória, Identidade e História dos Campos dos Goytacazes e Norte Fluminense.

Quando fixei moradia na Cidade (2009), de imediato iniciei leituras históricas sobre a região.

Fascinantes descobertas!

Do tempo Pré-Colonial, Colonial, Imperial e Republicano.

Passando pelo Goytacá (personagem erradamente taxado como selvagem), Cabo de São Thomé (nomeado a partir de expedição portuguesa de reconhecimento da Costa brasileira, na longínqua data de 21 de Dezembro de 1501), Capitania de São Thomé (Carta de Doação a Pero de Góis da Silveira, assinada por Dom João III, em 28 de Janeiro de 1536), Villa da Rainha (primeira tentativa colonizadora, nas margens do Rio Managé, atual Rio Itabapoana), Villa de Santa Catharina das Mós (segunda tentativa econômica e povoadora de Pero de Góis), Villa de São Salvador dos Campos (criada em 29 de Maio de 1677, por imposição da Coroa à efetivação do tenso Domínio dos Asseca) e a Cidade de Campos dos Goytacazes (elevada em 28 de Março de 1835), conversarei contigo, nobre leitor, sobre fatos econômicos, políticos, sociais e me preocuparei – sempre – a propagação da Cultura dos Campos dos Goytacazes.

Assim, observarás o humano, historicamente esquecido, de modo notório – que, atualmente, compõe o povo, conceitualizado. O escravo e sua riqueza africana, o personagem comum da Colônia que, no Império, participou da indústria, os populares contestadores e incentivadores da República, a juventude brincante da década de 1960 – 1970 e o Pós-Moderno dos fins do Século XX e início do XXI, são alvos ferozes.

Esclareço que a imparcialidade em busca da Verdade histórica é sempre almejada.

Ideologias políticas deixadas de lado em benefício da construção do pensamento crítico comprovam este fato – compreenda que a imparcialidade carrega grande tom parcial (claro!).

Portanto, a Coluna Histórias dos Campos dos Goytacazes visa amplos objetivos; além da História Positivista e Marxista, a Nova História Cultural provocará o choque deselegante (desconstruindo mitos heroicos), questionador e combativo.

Bem-vindo ao espaço compartilhador de conhecimento!

Acompanhem: www.historiasdoscampos.com.br e www.nadacult.blogspot.com

Saudações coloradas!

Cristiano Pluhar.

cristianopluhar@hotmail.com

Um comentário em “As histórias dos Campos dos Goytacazes

    guile respondido:
    25/02/2013 às 22:57

    E com alegria que estou a ler a sua coluna em nosso site sei que sua mensagem será levada além de vossos planos parabéns e bem vindo ao http://ocampista.com

Os comentários estão encerrados.