GAT II flagra homem com arma na Terra Prometida

Após prisão na manhã desta terça-feira, homem foi autuado na a 146ª DL/Guarus

GEDSC DIGITAL CAMERA
No final da manhã desta terça-feira (26), policiais do Grupamento de Ações Táticas do 8º BPM (GAT II), Sargento Azevedo e Cabos Goudard e Gonçalves e SD Marcelo,  prenderam um homem por porte ilegal de arma, no bairro Terra Prometida, em Guarus.

Após denuncia anônima, policiais foram até o local, onde encontraram um revólver calibre 38 com sete munições, em posse de Jonatas Mendes, conhecido como “Potinho”, que seria um dos “vigias” do tráfico de drogas.

O suspeito foi encaminhado para a 146ª Delegacia para registro da ocorrência.

Anúncios

Três flagrados com 40 ‘mariolas’ de maconha

Flagrante de tráfico der drogas na manhã desta terça-feira, em Campos

GEDSC DIGITAL CAMERA

Na manhã desta terça-feira (26), três homens foram flagrados com drogas, entre eles um menor, na Comunidade Tira GostoTG). Segundo informações dos policiais do Grupamento de Ações Táticas(GAT I), Sargento Junior, Cabo S. Freitas e SDs Guimarães e Vieira,  ao avistarem a viatura, os suspeitos teriam tentado fugir, descartando 40 mariolas de maconha.

GEDSC DIGITAL CAMERA

Os suspeitos e a droga foram levados para 134ª Delegacia Legal do Centro, onde a ocorrência está sendo registrada.

Leilão da Patio Norte em Campos

Os veículos que serão leiloados foram apreendidos durante operações no município

Pátio-Norte

Mais 286 veículos, sendo 77 carros e 209 motos, apreendidos em Campos por situação irregular, há mais de três meses, serão leiloados nesta quinta-feira, dia 28, a partir das 10h, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), na Avenida Sete de Setembro, 274, Centro, em Campos.

A visitação para conhecimento dos lotes estará aberta nesta quarta-feira(27), das 9h às 12h e das 13h às 17h, na Empresa Pátio Norte, no km 78 da Rodovia BR-101 (Campos/Rio de Janeiro), em Ururaí, em frente ao Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os interessados também podem participar do leilão através da Internet pelo site http://www.brbid.com.

Os veículos que serão leiloados foram apreendidos durante operações realizadas pela Polícia Militar ou Guarda Civil Municipal, por algum tipo de irregularidade (multas, falta de licenciamento e/ou titularidade) e estão nos depósitos há mais de 90 dias. Quem teve veículo apreendido poderá resgatá-lo antes do início da venda para resgatá-lo. Para isso é preciso pagar todas as taxas (diária, reboque, e multas se tiver) e comprovar o pagamento antes que o lote seja aberto.

O prazer da leitura na rede municipal

A leitura de forma prazerosa nas escolas municipais de Campos. Com mais de 100 bibliotecas, 38 salas de leituras, além de diversos projetos e programas, a Secretaria Municipal de Educação (Smec) estimula a leitura de várias formas, através de reforço na leitura, contação de histórias, teatro e exibições de cinema aos alunos da rede.

O programa Ler para Ser e os projetos Prole, Educacine, Gotta – Os Intérpretes da Alegria, além da Biblioteca Volante e o Caminhão Viajando Com as Artes, levam para os estudantes o incentivo à leitura de uma forma bem descontraída, fazendo com que as crianças e adolescentes tenham gosto pela leitura.

Nas salas de leituras, os professores incentivadores realizam atividades e até se fantasiam para deixar a aula mais “atraente”, realizando o “Dia D Leitura”, que acontece em várias escolas durante o ano letivo. As salas de leituras são desenvolvidas através do Programa Municipal de Incentivo à Leitura e atende a determinação do Ministério da Educação (MEC) na implantação de programas de incentivos.

– Esse foi um ano muito produtivo em relação ao trabalho da equipe do “Ler para Ser”. Os trabalhos que realizamos com os professores é uma verdadeira troca, pois eles multiplicam em sala de aula – destacou uma das coordenadoras do programa, Maria Auxiliadora Martins. Além dela, outras quatro coordenadoras formam a equipe, Ana Raquel Pourbaix, Andrezza Almeida, Carmem Guimarães e Rosana Ribeiro.

Acervo – De acordo com a Secretária Municipal de Educação, Joilza Abreu, algumas bibliotecas estão em processo de manutenção. “Recebemos um acervo literário do Governo Federal, através do Programa Nacional de Biblioteca na Escola (PNBE), que foi distribuído nas creches e escolas do Ensino Fundamental do 1º segmento, com maletas da Coleção de Monteiro Lobato, além de outros acervos contendo obras de diversos autores e gêneros”, destacou a secretária, ressaltando que a secretaria possui diversos trabalhos de incentivo à leitura, como os projetos de grupo de contadores de história, “O Gotta, os Intérpretes da Alegria”, o “Caminhão Viajando com as Artes” e ainda o “Biblioteca Volante”, projetos que incentivam as crianças a lerem, pois trabalham com práticas pedagógicas diferenciadas, como contação de histórias, teatro e rodas de leitura.

Biblioteca Volante – É um ônibus itinerante equipado com um acervo de aproximadamente 4.000 títulos de literatura infantil e infanto-juvenil, além de aparelhagem multimídia e um camarim para a preparação e dramatização de textos do acervo, contando ainda com variados fantoches. O projeto visa humanizar e democratizar o acervo, além de despertar o gosto pela leitura nos alunos da Educação Infantil ao Ensino Fundamental e demais membros das unidades escolares atendidas pelo ônibus.

Fonte: http://www.campos.rj.gov.br/exibirNoticia.php?id_noticia=17329

Pagamento da prefeitura começou hoje e prossegue até quinta

Prefeitura de CamposO pagamento dos servidores municipais, referente ao mês de fevereiro, começou nesta terça-feira (26) e vai até quinta-feira (28). Ao todo serão injetados R$ 50.965.814,86 no comércio, aquecendo a economia do município. A informação é da secretária de Planejamento e Gestão, Ana Lúcia Boynard.

Hoje está liberado nas agências bancárias autorizadas, o pagamento dos servidores cujas matrículas terminam em 0, 1 e 2. Na quarta-feira (27) será a vez do pagamento dos funcionários com matrículas de finais 3, 4, 5 e 6. Na quinta-feira (28), a prefeitura para vai efetuar o pagamento dos servidores com matrículas cujos finais são 7, 8 e 9.

Exames para confirmação de dengue serão centralizados no HGG

Representantes de secretarias municipais de saúde da região Norte Fluminense e da Secretaria de Estado de Saúde participaram da reunião do Colegiado Intergestores Regional (CIR) Norte nesta segunda-feira (25), no auditório da Faculdade de Medicina de Campos. O encontro teve como objetivo qualificar profissionais para a adoção dos corretos protocolos de diagnósticos e tratamento da dengue, a fim de evitar o agravamento dos casos. No período de março a junho, Campos vai centralizar no Hospital Geral de Guarus (HGG), os exames da região Norte para confirmação de dengue.

– A estrutura do laboratório será financiada pelo governo do Estado, de maneira que o laboratório auxiliará os municípios de Campos, Macaé, Carapebus, Conceição de Macabu, Quissamã, São João da Barra, São Fidélis e São Francisco do Itabapoana. Equipamentos, insumos e kits para diagnóstico serão usados tanto para os pacientes da região quanto para os pacientes do Centro de Referência da Dengue, na cidade – destacou o superintendente de Saúde Coletiva e Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde, Charbell Kury.

A coordenadora de Humanização da Secretaria Estadual de saúde, Mônica Guedes, informou que o CIR é um espaço permanente de articulação, definição de prioridades e pactuação de soluções, objetivando a organização de uma rede de ações e serviços de atenção à saúde integral e resolutiva. Segundo Mônica, o laboratório começa a funcionar na segunda quinzena de março.

OGX Petróleo: Eike Batista tentou apagar o incêndio com gasolina?

 Megaempresário firmou contrato concedendo opção de venda, mas pode ter criado um teto para as ações da sua petrolífera

SÃO PAULO – Ao tentar blindar as ações da OGX Petróleo (OGXP3) na BM&FBovespa contra novas quedas na última quarta-feira (24), Eike Batista pode ter na verdade acentuado a movimentação negativa de sua principal empresa listada na bolsa. O megaempresário firmou contrato concedendo uma “opção de venda” com a própria companhia, no valor de US$ 1 bilhão.

Em outras palavras, caso os conselheiros independentes da petrolífera assim desejem, Eike terá de injetar essa quantia na empresa, fortalecendo o caixa da companhia. No comunicado, um detalhe, que pode ter feito mais mal do que bem: a empresa subscreverá novas ações ao valor de R$ 6,30. Depois da euforia inicial, um temor tomou conta dos investidores, e os papéis OGX voltaram para o campo negativo. “O mercado parece estar reavaliando o comunicado”, afirma João Pedro Brugger, analista da Leme Investimentos.

Olhando para o desempenho da empresa, fica claro que a empolgação original com a notícia desapareceu com o tempo. Na quinta, os papéis chegaram a subir 8,21% antes de perderem fôlego e fecharem com ganhos de 2,59%, para depois caírem mais 5,47% na sexta. “Isso é um movimento do mercado mesmo, os investidores estão insatisfeitos com os resultados da companhia”, salienta Brugger. O papel ganha forças na segunda, mas ainda está abaixo dos R$ 5,00 – patamar considerado como um divisor de águas para muitas das pessoas do mercado.

Eike Batista 2 - grupo EBX - 14/10/08

Sobre o homem mais rico do Brasil é preciso entender um ponto, sobre seu próprio posto: ele desperta muitas emoções nos investidores – que variam de admiração à inveja. É difícil permanecer neutro com qualquer medida tomada por Eike. E muita vezes, a resposta não é a mais racional possível. Se muitos acreditam que o processo de abertura de capital foi exagerado, a queda de OGX Petróleo no ano, superior a 65%, também pode não ter o mínimo fundamento.

Teto?
A questão do teto chama bastante atenção do mercado. Caso a opção de venda seja exercida e o preço do papel esteja superior a R$ 6,30, Eike estaria, na verdade, ganhando dinheiro com a operação. Como em um jogo de cassino, quase nenhum acionista quer que a banca ganhe dinheiro fácil. Assim, a teoria caiu como uma luva para muitos investidores pessoas físicas. Mas como todo movimento irracional, gera controvérsia e possui falhas de argumentação.

“Isso acabou limitando o preço das ações aos R$ 6,30, já que é o preço que ele se compromete a aportar dinheiro”, afirma o analista. Eike estaria sinalizando que, acima de R$ 6,30, a ação da empresa não é mais tão atraente? Ele já havia sinalizado algo parecido quando desistiu de realizar a OPA (Oferta Pública de Aquisição) pela LLX Logística (LLXL3), depois que o Bank of America Merrill Lynch avaliou que o preço-justo das ações era o dobro que o homem mais rico do Brasil gostaria de pagar. A desistência levou o megaempresário a ser chamado de “especulador”.

Embora R$ 6,30 seja um prêmio de 40,31% frente ao fechamento da última semana, este é um valor bastante abaixo dos R$ 23,39, máxima histórica alcançada por OGXP3, em 2010. Para compreender o “possível” teto, basta reler o comunicado. Eike garante aportar o valor apenas se a companhia assim desejar, e não houver nenhuma alternativa viável. Caso o preço esteja acima da quantia escolhida por Eike, a empresa pode fazer uma nova oferta de ações e captar dinheiro por parte do mercado.

Confiança ou desespero?
Se a resposta foi negativa, há de se destacar que a intenção foi positiva. Eike voltou a mostrar confiança na petrolífera – que se é duvidada por boa parte do mercado, nunca foi posta em dúvida pelo controlador, pelo menos não publicamente. Eike mostra-se 100% otimista com a petrolífera, mesmo nos momentos de maior crise da companhia. Mas ao fazer uma operação destas, e ao falar para o mercado que a companhia está sobre “ataque especulativo”, Eike pode sinalizar outro sentimento para o mercado: desespero.

Brugger discorda dessa suposição. “Não vejo como um movimento de desespero”, avalia. “Mas cria um mal estar, já que ele pode mostrar para o mercado que a empresa pode ter um resultado não muito bom nesse trimestre”, afirma. Um movimento desses, por exemplo, pode ser uma tentativa de acalmar o mercado – mas acaba mostrando que lá na frente, o problema é mais grave.

“Ele joga mais para frente, para 2014, um movimento de descontentamento que já dura algum tempo”, afirma o analista, já que a opção de venda só se encerra em março de 2014. Caso a tentativa de acalmar o mercado tenha fracassado, não é um grande problema para o megaempresário, já que em última instância, são os resultados que determinam o preço de uma ação.

Seja como for, se Eike estiver certo, não há motivo para perder um único minuto de sono. Nenhum ataque especulativo consegue  “sobreviver” a resultados positivos. É difícil valorizar a petrolífera, que não é mais uma start-up e começa a ser considerada uma petrolífera plena, com capacidade de produzir. Com vendas a termo para financiar o caixa, a direção da companhia também está otimista. Se a ação vai subir e passar os R$ 6,30, ou continuar a caindo, só os futuros balanços dirão.

Fonte: http://www.infomoney.com.br