Com vitória garantida, Nem aceita vestir camisa do Inacreditável FC

Postado em

Atacante tricolor lamenta gol perdido no primeiro tempo, mas vibra com chance que aproveitou na etapa final, em belo chute com o pé direito

Wellington Nem comemora gol do Fluminense contra o Huachipato (Foto: Nelson Perez / Fluminense. F.C.)
Wellington Nem comemora a chance aproveitada
(Foto: Nelson Perez / Fluminense. F.C.)

Apesar da vitória tricolor, foi um gol perdido que chamou a atenção no duelo entre Fluminense e Huachipato, em Talcahuano, no Chile, na noite desta quarta-feira. Diante de um gol vazio e sem marcação, Wellington Nem desperdiçou a chance que deixaria o Tricolor à frente no placar ainda no primeiro tempo – e talvez evitasse o sofrimento no fim da partida. E nem mesmo o camisa 11 conseguiu explicar o lance após o jogo.

– Não sei o que aconteceu. Escorei, a bola bateu na trave. Errei mesmo. Mas graças a Deus tive a felicidade de fazer um lindo gol com o pé direito também – lembrou o atacante, referindo-se ao primeiro gol tricolor no jogo.

Questionado se aceitaria vestir a camisa do “Inacreditável Futebol Clube” por conta da facilidade do gol que desperdiçou, Nem mostrou bom humor e disse que participaria da brincadeira sem problemas – muito em conta também do resultado final da partida: 2 a 1 para o Fluminense.

– Se for para vestir, eu visto com a maior felicidade. Com a vitória agora dá para vestir qualquer camisa – encerrou o jogador, que participou também do gol da virada marcado por Wagner.

Com a vitória sobre o Huachipato, o Fluminense chegou aos seis pontos no grupo 8 da Libertadores, se recuperou na competição e ocupa agora a liderança provisória da chave. Grêmio e Caracas completam a terceira rodada na próxima terça-feira, em Porto Alegre. O Tricolor volta a enfrentar os chilenos na quarta, no Engenhão, às 22h (de Brasília). Antes disso, porém, o clube das Laranjeiras encara no sábado o Vasco pela semifinal da Taça Guanabara, às 18h30m, também no Engenhão.

Fonte: http://glo.bo/YGXf6p