Saúde reúne entidades conveniadas para alertar sobre perdas

Postado em

O secretário Geraldo Venâncio recebeu diversos representantes de entidades conveniadas, fornecedores, parceiros e instituições que prestam serviços à Saúde de Campos na tarde desta segunda-feira (11). A reunião teve o objetivo de repassar informações e a agenda do movimento “Em Defesa dos Royalties e da Constituição”, mobilizando o segmento para participar efetivamente da campanha e comparecer ao encontro que acontece nesta terça-feira (12), às 18h, no Teatro Municipal Trianon. O encontro reunirá parceiros de todas as secretarias municipais e será presidido pelo secretário de Governo e coordenador do movimento, Suledil Bernardino.
 alerta da saúde
“Até o momento, a única atitude do Governo do Estado foi a de interromper o pagamento a todos os fornecedores. A Prefeita Rosinha Garotinho já afirmou que irá honrar todos os compromissos assumidos, mas precisamos que toda a sociedade se mobilize não em favor do governo municipal, mas em prol do município, que diante do risco da perda dos royalties, não terá outra opção a não ser cortar também os repasses que hoje são feitos com os recursos dos royalties, como os que custeiam diversos serviços de média complexidade”, explicou Venâncio.
Ele acrescentou que os representantes de hospitais contratualizados devem informar essas possíveis perdas à população, “pois sem os repasses, diversos procedimentos, como exames e internações que não são de alta complexidade, se tornarão inviáveis para essas instituições”.
Todos se comprometeram a mobilizar suas equipes e funcionários, dizendo que o encontro no Trianon será uma oportunidade de apresentar sugestões e tirar dúvidas. “O que estão fazendo com os municípios produtores é um roubo. É preciso que todos nos mobilizemos por este movimento em prol de nosso município”, falou o representante do Laboratório Pedra Verde, Wilson Paes Jr.
Entre as sugestões, o representante da Santa Casa de Misericórdia e do Monsenhor Severino, e diretor financeiro da Federação das Entidades Filantrópicas do Estado do Rio, Paulo César Campista, também conselheiro do Comudes, sugeriu que o movimento comece a recolher assinaturas. “A sociedade civil organizada tem que sair da inércia e assinar um protesto para denunciar ao Supremo Tribunal Federal a quebradeira que se dará com Campos caso essa situação com os royalties não seja revertida”, sugeriu.
Mais mobilização – Também à tarde, o subsecretário de Saúde, Roberto Vogel, se reuniu com funcionários da Secretaria de Saúde, passando a agenda do movimento e a necessidade de participação de cada cidadão na campanha “Em Defesa dos Royalties e da Constituição”.

Participantes:

ASSOCIAÇÃO NOVA ESPERANÇA
CARD
LABORATÓRIO PLÍNIO BACELAR
LABORATÓRIO PEDRA VERDE
UTRAMED DIAGNÓSTICOS
IMNE
LABMED
HOSPITAL HENRIQUE ROXO
PRÓ –RIM
HOSPITAL BENEFICÊNCIA PORTUGUESA
HOSPITAL ABRIGO JOÃO VIANA
HOSPITAL PLANTADORES DE CANA 
HOSPITAL SANTA CASA DE MISERICÓRDIA DE CAMPOS
HOSPITAL ESCOLA ÁLVARO ALVIM