Derlane Silva, ex-dançarina do Créu, posta fotos sensuais em rede social

, ex- dançarina do MC , publicou sensuais na rede social para matar as saudades do fãs do Rio de Janeiro, pois ela esta fazendo uma turnê com o MC Pixadão, que passa pelos estados do Maranhão , Manaus, Macapá e Santarém e não tem prazo para voltar.A morenaça promete voltar logo e bombar nos shows para delírio de seus fãs.

PRE/RJ quer punir senador e deputado federal por propaganda antecipada

Lindbergh e Garotinho sujeitam-se a multa e perda de inserção em TV e rádio

Lindberg - Garotinho
A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Rio de Janeiro moveu representações por propaganda antecipada contra o senador Lindbergh Farias (PT), o deputado federal Anthony Garotinho (PR) e seus partidos. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) julgará os pedidos de multa entre R$ 5 mil e R$ 25 mil aos políticos e pela perda de um tempo cinco vezes maior ao das inserções recém-veiculadas pelos partidos. As ações do procurador regional eleitoral Maurício da Rocha Ribeiro foram motivadas pelo uso da propaganda partidária em rádio e TV a serviço da promoção pessoal.

A Procuradoria Eleitoral sustentou ao TRE que os políticos, o PT e o PR divulgaram candidaturas à revelia da lei eleitoral, que fixa o início da campanha oficial a partir de 5 de julho do ano da eleição (Lei 9.504/97, art. 36). Antes de apelar à Justiça Eleitoral, a PRE analisou as transcrições completas das inserções sob a responsabilidade dos dois partidos em fevereiro.

“A propaganda partidária deve difundir os programas de cada partido, jamais divulgar a propaganda pessoal de candidatos a cargos eletivos”, afirma o procurador regional eleitoral Maurício da Rocha Ribeiro. “A promoção de notórios pré-candidatos no Estado do Rio, embora dissimulada, desvirtuou gravemente o sentido da lei durante a propaganda partidária veiculada em rádio e televisão.”

Uma representação relata que as inserções do Partido dos Trabalhadores (PT) apresentam Lindbergh Farias como porta-voz de reivindicações que ele se prontifica a atender, como a de trens urbanos “com vagões rápidos, confortáveis e estações modernas”. A ação contra o Partido da República (PR) documenta a exposição antecipada de uma plataforma governamental por Anthony Garotinho, cuja imagem foi ligada, entre outros atos, às “primeiras clínicas do Estado para dependentes de drogas”.

Outra representação
– Na sexta-feira (15), o TRE acolheu o pedido de liminar da representação da PRE contra o vice-governador Luiz Fernando Pezão e determinou a suspensão do site “Quem é Pezão”, do serviço de telemarketing ativo e dos vídeos e jingles que divulgam sua trajetória política.

Mario Grangeia
Assessoria de Comunicação Social
Procuradoria Regional da República – 2ª Região | Procuradoria Regional Eleitoral/RJ

O título e a gafe

Maria Sharapova foi espetacular na final de Indian Wells. Distribuiu pancadas para todos os lados, fez Caroline Wozniacki correr pela quadra e conquistou o título com um maiúsculo 6/2 e 6/2. Enquanto a dinamarquesa provavelmente ouvia “run, Forrest, run!” mentalmente, a russa acumulava winners. Ao todo, foram 33 contra apenas dois de Wozniacki. Não preciso dizer muito mais sobre a final.

Sharapova_celular_blog

O que chamou atenção, especialmente para quem acompanha a russa nas redes sociais, foi a velocidade com que Maria usou o Twitter após o jogo. Menos de cinco minutos depois, já estava no site de microblogs a mensagem da ex-número 1, que dizia estar esperando para segurar “aquele troféu especial”. Tão curioso quanto a velocidade foi o fato de Sharapova manter o celular dentro de sua bolsa (veja a foto). A garota-propaganda da Samsung, que já posou com modelos da série Galaxy para campanha, não teria nada a esconder, certo? Errado.

Alguns dos “clients” de Twitter permitem que os usuários vejam que aplicativo está sendo utilizado por outros usuários. Não adiantou Sharapova esconder o aparelho. Ficou registrada, para todo mundo ver – e o leitor Filipe Ribeiro logo percebeu a mancada. O texto da russa foi mesmo publicado via “Twitter for iPhone”. Logo o maior dos concorrentes da Samsung. Que coisa…

Coisas que eu acho que acho:

– Sobre a final, assusta a passividade com que Caroline Wozniacki aceitou correr de um lado para o outro da quadra. Não que a dinamarquesa fosse vencer trocando pancadas com Sharapova, mas ficou a impressão de que Wozniacki não tentou nada de diferente. Correu, correu e correu, apenas esperando que a adversária parasse de acertar bolas. Assim fica difícil.

– Com a campanha em Indian Wells, Sharapova voltará para a segunda colocação no ranking mundial. Nesta segunda-feira, ela já aparecerá à frente de Victoria Azarenka, que cai para número 3 do mundo. Serena Williams segue na ponta, mas será ameaçada em Miami.

– Para quem não lembra, fica aqui uma lembrança de uma das muitas campanhas de Maria Sharapova para a Samsung.

Andressa Urach posa no interior da França e diz que vai tirar tatuagem

Vice Miss Bumbum fotografou em castelo medieval do Vale do Loire.

Andressa Urach posou em um castelo medieval, no Vale do Loire, no interior da França. A vice Miss Bumbum viajou para promover o concurso na Europa. Entre um clique e outro, Andressa disse que vai tirar a tatuagem que tem na barriga.

“Resolvi remover minha tatuagem da barriga. Sei que vai doer muito, mas vou tentar”, disse Andressa.

Durante a viagem, a loira também posou de biquíni em frente a Torre Eiffel e espantou o frio em uma piscina aquecida em Paris.

Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)
Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)
Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)
Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)
Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)
Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)
Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)
Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)
Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)
Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)Andressa Urach na França (Foto: Alexandre Cicconi/Divulgação)

Anvisa determina suspensão da fabricação e venda de Ades

Medida atinge lotes feitos em uma das 11 linhas de produção da empresa.
Unilever já havia feito recall de suco de maçã, por risco de queimadura.

Sabor dos produtos suspensos Tamanho
Abacaxi 1 L
Cereais com mel 1 L
Chá verde com tangerina 1 L
Chá verde com limão 1 L
Chocolate clássico 1 L
Chocolate com coco 1 L
Frapê de coco 1 L
Laranja 1 L
Maçã 1 L
Manga 1 L
Maracuja 1 L
Melão 1 L
Morango 1 L
Original 1 L
Pêssego 1 L
Shake morango 1 L
Uva 1 L
Vitamina banana 1 L
Zero frapê de coco 1 L
Zero laranja 1 L
Zero maçã 1 L
Zero original 1 L
Zero pêssego 1 L
Zero vitamina banana 1 L
Zero uva 1 L
Laranja 1 L – embalagem promocional
Uva 1 L – embalagem promocional
Maçã 1 L – embalagem promocional
Maçã 1,5 L
Uva 1,5 L
Laranja 1,5 L
Original 1,5 L
Fonte: ‘Diário Oficial da União’

Uma resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada no “Diário Oficial da União” desta segunda-feira (18) suspende a fabricação, a distribuição, a venda e o consumo de lotes dos produtos com soja da marca Ades, de diferentes sabores, versões e tamanhos. A medida atinge apenas uma das 11 linhas de produção de Ades da fábrica de Pouso Alegre (MG).

Segundo a resolução, a medida foi tomada “por suspeita de [os produtos] não atenderem às exigências legais e regulamentares da agência”. A Anvisa afirmou que a medida é temporária e que foi adotada como precaução. Nesta segunda, a vigilância sanitária do estado de Minas e da cidade de Pouso Alegre fará inspeção na fábrica.

“Caso seja verificado que o problema tenha, de fato, sido solucionado  e que não atingiu outros lotes e sabores, os produtos poderão ser, novamente, liberados pela Anvisa”, disse a agência, em nota.

A Anvisa afirma que o consumidor que tiver comprado os produtos não deve consumi-los. Em caso de queimaduras ou outro sintomas, a orientação é que o consumidor procure imediatamente atendimento médico.

Em nota divulgada nesta segunda-feira, a Unilever reafirmou que o problema de qualidade “limita-se a 96 unidades de Ades sabor maçã, 1,5 litros, lote AGB25, produzidas na linha TBA3G na fábrica de Pouso Alegre”. Segundo a empresa, desde o último dia 13, nenhum produto fabricado nessa linha de produção – que está inativa – foi distribuído ao mercado.

A companhia informou ainda que já identificou a causa do problema de qualidade e implementou as medidas corretivas correspondentes, “incluindo a retirada do mercado das unidades produzidas na linha TBA3G”.

Os lotes fabricados na linha de produção afetada podem ser identificados pelas iniciais “AG” no número do lote. “Todos os demais produtos ADES não correspondentes aos lotes com iniciais AG permanecerão no mercado, encontrando-se em perfeitas condições para consumo”, afirma a Unilever.

Recall do suco de maçã
Na quinta-feira (14), a Unilever anunciou recall em um lote do suco de maçã Ades de 1,5 litro por risco de queimadura. Segundo a fabricante, a contaminação com solução de limpeza foi detectada no lote com as iniciais AGB 25, fabricado em 25 de fevereiro, com “cerca de 96 unidades do produto Ades Maçã 1,5 l”.

“Nestas unidades, foi identificada uma alteração no seu conteúdo decorrente de uma falha no processo de higienização, que resultou no envase de embalagens com solução de limpeza da máquina. O consumo do produto nessas condições pode causar queimadura’, afirmou a Unilever, em comunicado. “A falha identificada já foi solucionada, os produtos existentes na empresa foram retidos e os ainda presentes nos pontos de venda já estão sendo recolhidos”.

No dia seguinte, a Anvisa informou que solicitou à Vigilância Sanitária de Minas Gerais que realizasse inspeção sanitária na fábrica da Unilever, na cidade de Pouso Alegre, onde foi fabricado o lote de suco Ades de maçã envasado com solução de limpeza.

Na ocasião, procurada pelo G1, a Unilever informou que a empresa estava colaborando e oferecendo todas as informações solicitadas pela Anvisa e que a fábrica de Pouso Alegre estava aberta para receber a inspeção da Vigilância Sanitária.

Produto foi envazado com soda cáustica
A Unilever informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a solução de limpeza envasada nas embalagens do lote com problema foi hidróxido de sódio (soda cáustica) a 2,5%. Ou seja, diluído a 2,5%. Isso significa que a substância está na concentração de 2,5% de seu total.

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça, que está acompanhando o recall, informou em comunicado divulgado na sexta-feira (15) que o lote com problema não contém a bebida Ades mas uma solução de limpeza imprópria para o consumo. “Ainda de acordo com a empresa, o conteúdo apresenta PH elevado (aproximadamente 13) e pode representar risco de queimadura ou sensação de forte ardência na boca, caso venha a ser ingerido”, afirmou a secretaria.

Questionada pelo G1, a Unilever não esclareceu se o lote do recall foi envasado apenas com a solução de hidróxido de sódio ou com suco Ades misturado com a solução de limpeza.

Recomendação ao consumidor
Os produtos do lote de maçã com problema foram distribuídos nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná.

Segundo a empresa, a falha identificada “já foi solucionada, os produtos existentes na empresa foram retidos e os ainda presentes nos pontos de venda já estão sendo recolhidos”.

Para realizar a troca ou reembolso do produto, o consumidor deve entrar em contato com o fabricante, a Unilever. A solicitação pode ser feita gratuitamente pelo SAC no 0800 707 0044, das 8h às 20h, ou pelo e-mail sac@ades.com.br.

Em casos de dúvidas, a  Anvisa também dispõe de uma Central de Atendimento: 0800 642 9782.

14 consumidores relataram problemas
Segundo a Unilever, até a manhã desta segunda-feira, 14 consumidores tinham entrado em contado com a empresa para relatar problemas com o produto de maçã.

“Dos catorze atendimentos já realizados pelo SAC, doze já receberam atenção médica adequada e estão sendo acompanhados e dois não aceitaram”, informou a Unilever.

Segundo a empresa, os clientes atendidos relataram queimaduras na mucosa, enjoo e náusea. Ainda segundo a Unilever, todos já receberam atendimento médico, sem necessidade de internação.

O Procon-SP informou que também está acompanhando o caso. “A empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor”, afirmou o órgão.

O Procon lembra ainda que os consumidores que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão solicitar “por meio do Judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais, eventualmente sofridos”.

Fonte: http://glo.bo/118ZvXB

A satisfação no trabalho e a Teoria de Flow

Odilon Medeiros*

 Vivemos pressionados e preocupados com o tempo, não é verdade? Correndo para que tenhamos tempo de fazer tudo o que ainda precisamos fazer. É uma agitação total.

Convido você para uma reflexão. Primeiro pense em alguma atividade que você gosta muito de fazer. Pensou? Em seguida, lembre a última vez que você esteve envolvida com ela. Se veja realizando essa tarefa. E agora me responda: como está o seu comportamento? Você está focando no tempo ou na realização da atividade? Você está agitado(a) ou tranquilo(a)? Possivelmente você estará desfrutando daquele momento e não estará estressado(a).

 

Essa situação pode estar ligada ao que o psicólogo Mihaly Csikszentmihalyi, que é Ph. D. na Claremont Graduate University, na Califórnia, concebeu e chamou de teoria do Flow (fluxo, em inglês), que nada mais é do que um estado mental atingido quando se está absolutamente envolvido em alguma atividade de alguma forma prazerosa.

 

Segundo o pesquisador, o Flow é uma experiência subjetiva específica onde as pessoas são colocadas quando estão completamente engajadas naquilo em que têm interesse e envolvimento. É uma experiência oriunda de um estado de concentração e foco, que torna a realização de qualquer atividade mais espontânea, mais natural.

 

Entretanto, para que isso aconteça, é preciso que haja um equilíbrio entre as habilidades da pessoa e o nível do desafio que esteja prestes a encarar. Imagine que eu estou chamando você para que realize um certo trabalho. Nele você terá a oportunidade de realizar aquela tarefa que citou no segundo parágrafo. Como você vai reagir? Acredito que, com tranquilidade, pois terá habilidade e saberá como vencer o desafio ou, no mínimo, saber as alternativas ou outros caminhos que possui para vencê-lo.

 

Se você entender que o desafio desse trabalho é inferior às suas habilidades, poderá se sentir desmotivado(a), se sentir em estado de tédio, de relaxamento excessivo, de apatia, etc. E o que aconteceria se fosse ao contrário? Se os desafios forem muito maiores do que as competências? Possivelmente geraria ansiedade, preocupação, agitação, etc.

 

Os estudos de Mihaly comprovam que o Flow busca atingir o equilíbrio entre essas duas esferas: habilidades e desafios.

 

E a pergunta que surge, quase que imediatamente é: quais os resultados que o Flow pode trazer para mim? Segundo o pesquisador, qualquer que seja a sua atividade, se você estiver engajado, produzirá um estado fenomenologicamente similar à experiência na qual várias pessoas consideradas de sucesso vivenciaram: elas se descreveram como muito focadas, não se distraiam, ficavam absorvidas naquilo que estavam fazendo, não se “torturavam” para fazer o que tinham que fazer. E como resultado, produziam mais e com melhor qualidade, apresentavam melhoria na qualidade de vida, nos relacionamentos interpessoais, redução do absenteísmo, aumento da motivação, etc.

 

Vamos refletir agora sobre os dois lados da mesma moeda: a visão do gestor e a visão do liderado sobre o tema.

 

Enquanto gestor, o profissional deve ficar atento à dinâmica do grupo. Até mesmo porque essa é uma habilidade que deve estar presente na rotina de qualquer líder e não é aceito a desculpa que não tem oportunidade para isso. Então, comece a visualizar a sua equipe e, mesmo que mentalmente, faça observações sobre a atuação de cada um dos integrantes. Lembre-se que, nada está tão bom que não possa ser melhorado. Assim, observe o desempenho do seu pessoal e responda: existe algum obstáculo que esteja atrapalhando o estabelecimento pessoal do Flow?

 

Mihaly afirma que “Os tipos de atenção para associar o colaborador com o trabalho são uma habilidade que o gestor deveria desenvolver, se quiser que os funcionários deem o melhor de si, que percebam que o seu trabalho tenha sentido, que valha a pena”.

 

No papel de liderado, é fundamental que haja algum processo de autoconhecimento, que atualmente existem em grande quantidade no mercado. Procure descobrir em você o que pode estabelecer o Flow. E comece a demonstrar isso. Se o seu líder não perceber, chegue mais próximo dele, converse. Mas evite exigir mudanças imediatas dele. Dê um tempo para que ele possa se familiarizar com a ideia.

 

Como pode ser visto, essa é mais uma estratégia para, ao mesmo tempo, aumentar a satisfação e a produtividade. Sua e da equipe. Portanto, desfrute dela e seja feliz.

 

Que assim seja!

 

(*) Odilon Medeiros – Consultor em gestão de pessoas, palestrante, professor universitário, mestre em Administração, especialista em Psicologia Organizacional, pós-graduado em Gestão de Equipes, MBA em vendas Contato: om@odilonmedeiros.com.br / www.odilonmedeiros.com.br

“O Rei Leão – O Ciclo da Vida” domingo no Trianon

O musical infantil “O Rei Leão – O Ciclo da Vida”, com o Grupo Capa, do Rio de Janeiro, será a atração deste domingo (24), no Teatro Trianon, às 17h, abrindo a temporada do projeto “O espetáculo é da Criança”. A montagem tem direção de Alex Roger. Os ingressos estão disponíveis na bilheteria do teatro e custam R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). A peça tem classificação livre.

O espetáculo conta a história de Simba, filho do Rei Mufasa e da rainha Sarabi. O recém-nascido recebe a bênção do sábio babuíno Rafiki. Ao crescer, é envolvido nas artimanhas de seu tio Scar, o invejoso e maldoso irmão de Mufasa, que planeja se livrar do sobrinho e assumir o trono.

Quando Simba se vê injustamente acusado pela morte de Mufasa, resolve se exilar das Terras do Reino. Ele encontra abrigo junto a outros dois excluídos da sociedade, um javali chamado Pumba e um suricate chamado Timão.

Para conter sobrepeso, governo de MG vai custear academia para jovens

Projeto visa a atender de 10 mil a 14 mil pessoas entre 15 e 19 anos.
Academias vão receber R$ 50 por aluno frequente.

A partir de abril, jovens mineiros que estão acima do peso poderão ter a prática de atividades físicas custeada pelo governo. Gerido pela a Secretaria de Estado de Saúde (SES) em parceria com Secretaria de Estado de Esporte e da Juventude (Seej), o projeto “Geração Saúde”, uma espécie de “bolsa-academia”, quer beneficiar, neste primeiro ano, entre 10 mil e 14 mil adolescentes em Minas Gerais.

Cerca de 15% dos adolescentes  entre 10 e 19 anos, atendidos em 2012 apresentaram sobrepeso”
Daniela Souzalima Campos, diretora da SES

De acordo com a diretora de Promoção à Saúde e Agravos não Transmissíveis da SES, Daniela Souzalima Campos, dados preocupantes levaram à criação do programa. “Um dos motivos foi que atualmente temos no estado de Minas Gerais um número considerável de jovens com sobrepeso. Cerca de 15% dos adolescentes,  entre 10 e 19 anos , que foram atendidos em 2012 nas unidades básicas de saúde e pelo Programa Saúde da Família (PSF) apresentaram sobrepeso”, aponta.

Ela explica que o projeto objetiva proporcionar qualidade de vida aos jovens, além de consolidar hábitos de vida saudável. Segundo Daniela Souzalima Campos, o foco do “Geração Saúde” é a faixa etária entre 15 e 19 anos.

Na prática
A “bolsa-academia” será oferecida a jovens atendidos pelo Programa Saúde da Família (PSF) e que tiverem o sobrepeso constado pela equipe de profissionais. Depois de serem encaminhados a uma academia, eles passarão por uma avaliação física, que apontará as atividades físicas mais indicadas para cada caso.

De acordo com subsecretário de Estado de Esporte, Adenilson Idalino de Sousa, os jovens poderão praticar atividades variadas, no mínino, três vezes por semana e, no máximo, cinco. A freqüência mínima de 75%, verificada por meio de um sistema de biometria, será obrigatória para que os participantes do projeto continuem a receber o benefício. Os jovens também serão acompanhados por psicólogos e nutricionistas e passarão por reavaliações periódicas.

Para cada aluno frequente, as academias receberão, por mês, o valor de R$ 50. Segundo Daniela Souzalima Campos o pagamento será feito diretamente aos estabelecimentos credenciados. O governo feito pelo governo previsto para 2013 é de mais de R$ 10,1 milhões.

Até esta quarta-feira (13), 82 academias já haviam sido aprovadas para atender os participantes do “Geração Saúde”. Entretanto, apenas 38 dos 853 municípios mineiros constavam na lista das cidades que já aderiram ao projeto. Belo Horizonte, por exemplo, cidade com maior número de habitantes do estado, ainda estava de fora. De acordo com Sousa, o projeto foi apresentado ao secretário de Saúde da capital, Marcelo Teixeira, que, segundo o subsecretário, manifestou interesse em aderir ao programa. Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que o edital para adesão ainda está em análise.

O subsecretário destaca o caráter pioneiro do projeto por unir iniciativa privada e equipes do PSF. “O fim não é nenhuma obra, é a prática da atividade física, em equipamentos adequados para esta prática, com profissionais adequados, na região em que o jovem mora”, explica.

 

Fonte: http://glo.bo/118u8MA

Seis acusados de estuprar turista suíça comparecem a tribunal na Índia

Crime ocorreu sexta-feira (15) no estado de Madhya Pradesh.
Vítima andava de bicicleta com marido quando foi atacada.

 Seis homens acusados pelo estupro coletivo de uma turista suíça na Índia comparecerão nesta segunda-feira (18) a um tribunal da região central do país, informou a polícia.

“Prendemos os seis indivíduos e eles comparecerão a uma audiência com um magistrado. Nós pediremos que sejam colocados em prisão preventiva durante cinco dias”, disse o chefe de polícia local, M. L. Dholdy.

A vítima, de 39 anos, circulava de bicicleta na sexta-feira passada com o marido pelo estado de Madhya Pradesh quando vários homens atacaram o casal.

Os criminosos amarraram o homem e estupraram a mulher na frente do marido. Também roubaram 10.000 rupias (US$ 185 dólares) e um telefone celular.

O ataque ocorreu três meses depois de uma estudante de fisioterapia de 23 anos ter sido estuprada e espancada em um ônibus em movimento e depois jogada sangrando na rua, em um caso que provocou indignação no país e no mundo.

Ela morreu mais tarde num hospital em Cingapura.

Turista suíça vítima de estupro é levada ao hospital em Gwalior nests sábado (16) (Foto: AFP)Turista suíça vítima de estupro é levada ao hospital em Gwalior nests sábado (16) (Foto: AFP)

Fonte: http://glo.bo/118LGs8

Sobe para oito o número de mortos no RJ após temporal, diz Defesa Civil

Segundo Sérgio Simões, casos ocorreram na cidade de Petrópolis.
Chuva atingiu a Região Serrana na noite deste domingo (18)

O secretário estadual de Defesa Civil do Rio de Janeiro, Sérgio Simões, informou, por volta das 9h40 desta segunda-feira (18), que pelo menos oito pessoas morreram em decorrência das chuvas em Petrópolis, na Região Serrana, durante a madrugada. Simões se reuniu pela manhã com o prefeito de Petrópolis, Rubens Bontempo.

Entre as vítimas, estavam dois técnicos da Defesa Civil, que trabalhavam no resgate dos desaparecidos na Rua Espírito Santo, no bairro do Quitandinha, e foram soterrados.

“O governo do estado mobilizou toda a sua estrutura, especificamente a do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) com máquinas e caminhões para que a gente possa desobstruir vias obstruídas por carregamento de terra”, disse em reportagem do Bom Dia Rio.

Os rios Quitandinha e Piabanha transbordaram durante o temporal. Ruas ficaram alagadas nos bairros Quitandinha, Alto Independência, Morin e Alto da Serra. “A situação de Petrópolis é realmente muito, muito grave. Além de três mortos, há três desaparecidos”, disse o secretário estadual de Meio Ambiente, Carlos Minc, ressaltando que o prefeito do município já decretou estado de emergência.

Mapa - Petrópolis - VALE ESTE (Foto: Arte/G1)

O secretário Sérgio Simões informou que em Petrópolis choveu mais de 300 mm em 24 horas. O volume de chuva esperado em um mês no município é 270 mm. “Os rios voltaram à sua calha na manhã desta segunda (18). Houve vários pontos de alagamento, no Centro da cidade especialmente. O problema é que nós temos previsão de chuvas continuadas para todo o dia de hoje. O prefeito já fez um apelo para que as pessoas permaneçam em suas casas, decretou feriado escolar e a preocupação passa a ser o acumulado de chuvas, a possibilidade de novos deslizamentos de terra”, afirmou o secretário.

Ao lado de um dos principais pontos turísticos da cidade de Petrópolis, o Hotel Quitandinha, a rua foi completamente interditada porque um grande muro deslizou e causou estragos. Uma pousada, no alto do morro, ficou sob risco, em cima do penhasco.

No início da noite de domingo, o Centro Histórico e parte da Rua Coronel Veiga ficaram totalmente tomadas pelas águas do Rio Quitandinha. Na Praça da Liberdade e próximo à Praça Dom Pedro também foram registrados pontos de alagamentos.

Nesta manhã, a Rio-Petrópolis registrava pontos de interdição na subida e descida da serra, em consequência da queda de barreiras ao longo da rodovia.

Chuva causa estragos na rua do Hotel Quitandinha (Foto: Reprodução / TV Globo)Chuva causa estragos na rua do Hotel Quitandinha
(Foto: Reprodução/TV Globo)

Em Xerém, Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, também foram registrados alagamentos. No entanto, o secretário não soube informar se houve vítimas. Em Petrópolis, nove comunidades tiveram sirenes acionadas no domingo (17).

Na capital, quedas de árvores bloqueavam ruas e avenidas deixando o tráfego total ou parcialmente interrompido. O Aeroporto Santos Dumont, no Centro do Rio, fechou para pousos por volta de 7h05 por causa da chuva que atingia o terminal.

Angra dos Reis
Em Angra dos Reis, na Costa Verde, as chuvas intensas provocaram o aumento do nível do Rio Mambucaba, que entrou em alerta às 20h18. No mesmo horário, o Rio Pavuna, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, estava em alerta máximo, já que estava prestes a transbordar. Na mesma região, o Rio Sarapuí, em Mesquita, estava com o nível bem acima do normal.

Pousada ficou em penhasco (Foto: Reprodução/TV Globo)Pousada ficou em penhasco (Foto: Reprodução/TV Globo)