Carro pega fogo na Avenida 28 de Março

Fogo destruiu toda a frente do carro que era dirigido por uma mulher no início desta tarde

carro-fogo-2603-2

Um Volkswagem Polo placa KRJ 7780/Campos, dirigido, Elizabeth Carvalho, 64 anos, pegou fogo na tarde desta terça-feira (26/03), por volta das 13h, na Avenida 28 de Março, próximo ao Isepam, no bairro do Turfe Clube.

“Foi um grande susto. Percebi um cheiro forte de gasolina e em seguida logo vi muita fumaça na parte da frente. Apanhei minha bolsa e sai rapidamente”, disse a motorista.
O carro ficou com a frente destruída. Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou rapidamente ao local.

Após colisão no Pq. Tamandaré, carro bate em muro de casa e idosa fica ferida

Acidente envolveu um Prisma e um Fiesta por volta das 15h deste domingo, próximo ao IFF

GEDSC DIGITAL CAMERA

Dois carros bateram de forma violenta, em seguida um deles subiu a calçada e chocou contra o muro de uma casa, no início da tarde deste domingo na esquina das Ruas Doutor Siqueira e Barão da Lagoa Dourada, próximo ao IFF, no Parque Tamandaré, em Campos, deixando uma idosa ferida.GEDSC DIGITAL CAMERA

Segundo a Polícia, o Prisma, da Líder Taxi, cor prata, placa KYO-3474 dirigido por Elias de Oliveira Costa seguia pela Rua Doutor Siqueira e atravessou a Rua Barão da Lagoa Dourada, por onde trafegava o Fiesta, cor prata, KQY-1836, dirigido por  Welington Carlos Pace. O motorista do Fiesta perdeu o controle do carro após a batida, subiu  a calçada e bateu contra o muro de uma casa.

Uma idosa que viajava no banco traseiro do Fiesta se feriu e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital Ferreira Machado. O motorista do Fiesta e a carona nada sofreram, já que o airbag duplo abriu no momento da batida. O taxista também saiu ileso.

Acidente deixa um morto e dois feridos nesta manhã na Campos/Vitória

Acidente aconteceu por volta das 8h45 da manhã desta terça-feira próximo ao Aeroporto

GEDSC DIGITAL CAMERA

Uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas em um acidente envolvendo dois veículos na BR 101, Campos/Vitória, próximo ao Aeroporto.

A colisão aconteceu por volta das 8h45 da manhã desta terça-feira.

Evandro da Silva, motorista do Siena vermelho, de placa KXN-1626/Rio de Janeiro, informou que trafegava em direção a Vitória/ES, e que, percebeu que um Kadet iria cruzar a pista, decidiu jogar o carro em uma rua paralela ao acostamento, porém perdeu o controle da direção, batendo em uma árvore e derrubando o muro de uma casa.

João Francisco Vieira, 59 anos, que estava no banco traseiro do veículo, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O outro ocupante, ainda não identificado. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital Ferreira Machado.

Mãe e filha morrem em acidente na RJ 216, próximo a Saturnino Braga

Segundo informações, mãe iria deixar a filha com a mãe para trabalhar

Acidentes

 

Na manhã desta sexta-feira (01/03), por volta de 7h50, no km 22 da RJ-216, mãe e filha morreram em um acidente entre um carro e uma motocicleta  na localidade de Paus Amarelos, próximo a Saturnino Braga, na Baixada Campista. O marido da vítima se encontra no local em estado de choque.

O que se sabe é que Rafaela Nunes Pereira, de 23 anos, levava a filha Maria Vitória Pereira de Souza, de 3 anos, para a casa de sua mãe, onde a deixaria para depois ir trabalhar.

O motorista do carro com medo de represália se encaminhou ao DPO de Baixa Grande.

Segundo informações da polícia, a perícia da Polícia Civil e o rabecão do Corpo de Bombeiros já foram acionados.

Acidente no Centro deixa uma pessoa ferida

Motorista fugiu do local após colidir com a moto

GEDSC DIGITAL CAMERA

Na manhã desta quarta-feira (27), uma colisão de uma moto com um carro, deixou uma pessoa ferida.

Segundo informações do condutor da moto Alcir Ferreira, 34 anos, ele trafegava na sua mão, na Av. Sete de Setembro, quando um corsa branco, placa LND 7621, o fechou. Daí então, ele perdeu o controle da direção e acabou caindo e tendo alguns ferimentos.

A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Hospital Ferreira Machado (HFM).

O motorista do corsa fugiu do local.

A polícia faz buscas para identificar o veículo e o motorista.

Jovem de 16 anos é morto a tiros em Conselheiro Josino

Vítima voltava para casa depois de uma conversa com um grupo de colegas

crime-1702

O jovem Rodrigo do Nascimento da Hora, de 16 anos, foi morto a tiros no final da noite de sábado(16/02), na localidade de Conselheiro Josinho, Região Norte de Campos. Segundo parentes de Rodrigo relataram à Polícia, ele conversava com um grupo de colegas por volta das 23 horas, quando disse que iria retornar para casa. Minutos depois, os amigos ainda ouviram os tiros. O corpo foi encontrado em um terreno baldio, entre os bairros Morro da Parabólica e Laranjeiro.

Mãe e filho ficam feridos após acidente na BR-101

Criança estava na cadeirinha no banco traseiro. Ela e sua mãe foram levados para o HFM

bombeiros

 

Uma mulher e seu filho saíram feridos de  um acidente na BR-101(Campos/Rio), na localidade de Ibitioca, em Campos, na tarde desta quinta-feira (14/02).

Segunda a Polícia Rodoviária Federal(PRF), Joelma Machado dirigia o Siena placa LNO 0156 /Guaçuí-ES quando bateu na lateral carreta placa KOB 8420 que estava carregada de combustível.

O motorista da carreta, Rosemar Pereira, disse que foi surpreendido pelo Siena  quando tentava sair do acostamento. A mulher dirigia o Siena no sentido Campos/Rio.

A criança estava na cadeirinha no banco traseiro e sofreu ferimentos leves, assim como sua mãe. Eles foram socorridos para o Hospital Ferreira Machado. Houve vazamento de combustível. Equipes do Corpo de Bombeiros espalharam  pó de serra na pista.

Acidente mata motorista em Caxeta nesta quinta-feira

Motorista de uma Fiorino morreu no local. Três veículos se envolveram no acidente

acidente-1402

Um acidente no quilômetro 90 da BR-101, na altura de Caxeta, deixou uma pessoa morta na manhã desta quinta-feira (13). Um ônibus da empresa Itapemirim, que vinha de São Paulo, colidiu com um Fiorino que seguia para o Rio de Janeiro. Um Punto também se envolveu no acidente.

De acordo com uma testemunha que passava no local no momento do acidente, o ônibus teria invadido a pista contrária e atingido frontalmente o outro veículo. Paulo Henrique de Souza, de 56 anos, ficou preso às ferragens e acabou não resistindo.

Segundo informações, o motorista do ônibus negou que tenha dormido ao volante. Ele e mais três passageiros presentes no veículo foram atendidos ainda no local do acidente, mas passam bem.

 

Agentes da Polícia Rodoviária Federal e da concessionária que administra a rodovia organizam o trânsito.

4 feridos após capotamento na Tapera

Acidente na tarde desta sexta-feira foi o primeiro de ordem grave do Carnaval, em Campos

HFM-ambulâncias

HFM ambulâncias 2hfm feridos 2Um acidente na BR-101, trecho Campos/Rio, na altura da localidade da Tapera, em Campos, deixou dois casais feridos no início da tarde desta sexta-feira(08/02).

Segundo a Polícia Rodoviária Federal(PRF), o motorista do Santana prata, placa KNR-7293/RJ, capotou depois de ser fechado por um outro carro, cujo motorista fugiu.

Uma adolescente chegou a ficar presa às ferragens. “Eram dois casais que estavam se banhando no Rio Ururaí e retornavam para Campos”, disse um bombeiro da equipe que prestou socorro. Os feridos foram socorridos por equipes da Autopista Fluminense e do Corpo de Bombeiros para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

Dono de boate e vocalista de banda são detidos após incêndio no RS

Um dos proprietários da casa noturna estava em um hospital de Cruz Alta.
Dois integrantes da banda foram presos em Mata.

A polícia deteve nesta manhã um dos donos da boate Kiss e dois integrantes da banda Gurizada Fandangueira, segundo informações do delegado Sandro Meinerz. Elissandro Sphor, conhecido como Kiko, foi preso nesta manhã de segunda-feira (28) em um hospital de Cruz Alta. O vocalista e um responsável pela segurança do palco da banda foram detidos em Mata.

Eles tiveram o pedido de prisão temporária de cinco dias decretada pelo juiz Regis Adil Bertolin durante a madrugada desta segunda-feira. O vocalista do grupo que se apresentava no momento do incêndio foi detido durante o velório do gaiteiro Danilo Jaques na cidade de Mata, na Região Central. O outro proprietário da casa noturna também teve prisão temporária decretada, mas ainda não foi localizado pela polícia.

“Desde a madrugada, estávamos monitorando as casas dos donos da boate e com equipes de policiais nas ruas tentando localizá-los”, disse ao G1 o delegado.

Em entrevista à Rádio Gaúcha antes da prisão de Kiko, o advogado Jader Marques disse que o dono da boate foi a Cruz Alta para submeter a um tratamento de desintoxicação e que a viagem foi informada para as autoridades. Ele também disse que seu cliente prestou todo atendimento às vítimas.

“Esta tragédia também está marcando o Kiko e toda sua família. Todas as pessoas naquela boate eram amigas dele. Ele esteve lá recebendo, atendendo e perdeu funcionários”, disse o advogado.

Incêndio
O incêndio começou por volta das 2h30 de domingo, durante a apresentação da banda Gurizada Fandangueira, que utilizou sinalizadores para uma espécie de show pirotécnico. Segundo relatos de testemunhas, faíscas de um equipamento conhecido como “sputnik” atingiram a espuma do isolamento acústico, no teto da boate, dando início ao fogo, que se espalhou pelo estabelecimento em poucos minutos.

O incêndio provocou pânico e muitas pessoas não conseguiram acessar a saída de emergência. A festa “Agromerados” reunia estudantes da Universidade Federal de Santa Maria, dos cursos de pedagogia, agronomia, medicina veterinária, zootecnia e dois cursos técnicos.

Pelo menos 101 das vítimas identificadas eram estudantes da Universidade Federal de Santa Maria, segundo informou a instituição em sua página na internet.

O comandante do Corpo de Bombeiros da região central do Rio Grande do Sul, tenente-coronel Moisés da Silva Fuch, disse que o alvará de funcionamento da boate estava vencido desde agosto do ano passado.

“Fatalidade”
Por meio dos seus advogados, a boate Kiss se pronunciou sobre a tragédia. A direção do estabelecimento classificou o ocorrido como uma “fatalidade”, afirmou que a empresa está em “situação regular” e à disposição das autoridades. A nota foi emitida pelo grupo de advogados associados Kümmel & Kümmel, que representa os proprietários da boate.

Público
O número de total de pessoas que estavam no interior da boate Kiss no momento em que o incêndio começou ainda é desconhecido. Segundo informações da própria casa noturna, a capacidade máxima é para mil clientes.

De acordo com o delegado Sandro Meinerz, que é responsável pela perícia, informações coletadas pelas equipes de investigação dão conta de que o público na hora da tragédia era de aproximadamente mil pessoas. O Corpo de Bombeiros, no entanto, estima que o número era maior, perto de 1,5 mil.

Estudantes que sobreviveram à tragédia relataram que, inicialmente, seguranças da boate tentaram impedir a saída dos clientes, mas que logo perceberam a fumaça e liberaram a passagem.

O capitão da Brigada Militar Edi Paulo Garcia disse que a maioria das vítimas tentou escapar pelo banheiro do estabelecimento e acabou morrendo. “Tirei mais de 180 pessoas dos banheiros. Eles estavam tentando fugir”, disse.

Resgate
Muitas pessoas que conseguiram sair da boate ajudaram a socorrer as vítimas. “A gente puxava as pessoas pelo cabelo, pela roupa, muita gente saía só de calcinha e cueca, muitas sem camiseta, talvez para se proteger da fumaça”, disse o jovem Murilo de Toledo Tiecher.

entenda_tragedia_boate_rs_620 (Foto: Editoria de Arte / G1)

 Fonte: http://glo.bo/114tNKn